segunda-feira, julho 20, 2015

Fórceps

A gente tenta nascer de novo, mas se esquece o quão dolorido é o trabalho do processo.

Um comentário:

Keila disse...

Responderei com um trecho seu, que encontrei relendo seu delicioso blog...
"Não tema que ficará tudo bem. Há sempre um bocado de carne para aparar o tombo. E de resto, depois, a vida se encaixa. A vida prossegue em seu lento vagar, as doçuras se reencontram."