segunda-feira, junho 13, 2011

Para você que rifou o mundo por uma história de amor, não sei preocupe. Eu mesmo me apaixonei por três frases e sai fugido com o circo, cantando velhas cantigas de amor.

quarta-feira, junho 01, 2011

E a inspiração levantou-se e foi comprar cigarro, só que neste intervalo parei de fumar. Quase seis meses, faço as contas. Faço outras contas e percebo que o tempo, sim, anda célere e, ao mesmo tempo, escorre pelos dedos. O fato de hoje ser junho assusta, mas também parece tanto com um fevereiro já quase distante. Daí vou descobrindo estas coisas míudas: sonhos se constroem, muito embora quisera tanto que ele caisse, tipo Mega Sena acumulada, no colo. Fico naquelas, não quero pensar, e se não acontecer?