segunda-feira, dezembro 28, 2009

2009

Baby, baby,

Queria dizer que foi difícil, sabe? E que foi difícil bem longe das obviedades. Porque, no inquérito pequeno-burguês: trabalhei bastante e bem. Ninguém que eu amasse morreu tragicamente ou se perdeu no mundo. Segui firme nas metas, nos objetivos. Mas, me perguntaram: então o ano foi bom, ótimo, lindo, né? Daí hesito.

E é difícil explicar. Talvez porque eu precisasse de outras coisas: tão sedento pela ilusão do happy-ending, ridiculamente orgulhoso quando contrariado. Talvez porque quisesse mesmo era uma epifania, destas óbvias, brilhantes e simples.

O ano foi lindo, sim. Pelo que me proporcionou, de tanta gente boa que surgiu. Pelo exercício da superação, o desapego da carência, a racionalização dos movimentos e, às vezes, em aceitar que é assim mesmo, não tem remédio, deixa estar. Não é porque não se está onde queria que o movimento todo fica vão.

Tem anos que fecham assim, agridoces. Destes que, com um pouco mais de distanciamento, perceberei que, sim, foi fantástico e redentor. Mas, por enquanto, deixo-o com calma e sem histerias. Ando pé ante pé, silenciando a respiração e espero que o que vem, o que será, aí sim: arrebentará no carnaval dos mais doces...

3 comentários:

Ruy disse...

2009 não foi dos meus melhores anos (2006 sempre estará na memória para me forçar a lembrar o que é um ano ruim), mas támbém não foi o mar de rosas que foi 2008, por exemplo.

Tenho notado muita gente que não vê a hora de rasgar a folinha "31/12" e partir para 2010, não é meu caso, mas agora que está no final quero que isso se vá de uma vez.

Desde pequeno o que sempre achei bizarro em um ano é a certeza que você nunca chegará ao final dele ao lado das mesmas pessoas que voc~e começou, alguém sempre se perderá no amontoado de coisas a fazer/pessoas a se dar atenção.

Assim o melhor é desejar um bom 2010, até pq desejar um ano feliz é pedir demais.

P.S.: Não esqueci da maratona, alias, já recrutei mais um.

Tati Rangel disse...

Meu ano não poderia ter sido melhor... claro! Com você ao meu lado!

gera disse...

"tem anos que fecham assim, agridoce"

curti essa... abs