quarta-feira, março 19, 2008

Paulistanas 3

Nada de (muito) novo no front. Os dias escorrem pelos dedos, preguiçosos. Vejo o próprio deadline que me impus se aproximar e ainda permaneço nessa indecisão sem-teto. Pelo menos ontem, em conversas de elevadores, descobri pessoas às pencas ainda na mesma situação. O que, de fato, ainda não decidi se é bom ou ruim.

Pelo menos, fiquei um pouco consolado com minha inabilidade imobiliária.

Já estou considerando flexibilizar as opções, afinal, mais dez minutos no metrô, um pouco mais dentro da garganta do caos paulistano matam alguém? Dizem que sim, mas prefiro ignorar as alternativas

A Páscoa é a última esperança - se nada aparecer, já parto para as outras alternativas sem garagem, pior localizadas, essas coisas. É preciso reiniciar a vida. É preciso recomeçar tudo logo, sem essas coisas de paliativos acochambrados.

E: final de semana delicioso, acima da média. Com pitadinha de Strokes: "Between love and hate". Mereceria post. Vamos ver, vamos ver.

Nenhum comentário: