segunda-feira, outubro 15, 2007

The beginning

Tudo se resume à começar de novo. Novo estágio, o último e derradeiro, o mais difícil e interessante - na angústia dos últimos passos para o vôo solo, confirmando certezas do que pretensamente pretendo fazer pelo resto da vida.

Novo status quo, variando entre a compreensão e raiva das limitações alheias. Bem sei que sou eu quem tem que moderar as expectativas, mas sou de carne e tão fraco: tenho os meus momentos de tentação para tocar o foda-se e vamos seguir sozinhos nesse caminho.

Novo horário: de verão. Implica em outro céu ao acordar, vejo os tons de laranja e vermelho, numa luz completamente diferente do que estou acostumado. Ver o dia terminar mais tarde, sobrando duas horas de luz ainda para outros planos - quem sabe academia, mesmo sem qualquer propósito além de descansar a cabeça.

Tudo neste breve início, com final programado para bem próximo. Mas me alegra essa impressão de novidade, para cair sem tardar muito numa rotina cansada e sem culpa. Acordei hoje com ganas de fazer novo, fazer diferente, estar mais atento para o que vier.

E que assim seja.

Nenhum comentário: