domingo, maio 20, 2007

Domingos

"Tudo está fechado/Tudo está fechado/Domingo é sempre assim/E quem nao está acostumado?/É dia de descanso/Nem precisava tanto/É dia de descansoPrograma Sílvio Santos."
(Domingo- Titãs)

Hoje é mais um domingo. Acordei novamente com aquela típica ressaca psicológica de domingo, isso porque é domingo e domingos são dias em que se acorda pensando que se pode ter ressaca. A única cisa aberta num raio de 200 metros da minha casa é uma padaria com um pão cheio de bromato(?) ou coisa assim.

A cidade é sempre escondida nos domingos, e não que Brasília não seja sempre assim, mas especialmente nos domingos eu sei que as pessoas se escondem em suas casas ou procuram outras casas em busca de algum conforto impossível no meio da semana. As pessoas que têm coragem caminham na rua e eu só consigo pensar " essa não é minha vida". Sedentário-melancólico na frente do computador esperando por alguma coisa que geralmente não acontece nos domingos.

O dia vai passar, e isso vem como uma certeza, certeza também que acompanhará a ressaca moral de segundas-feiras que sempre pensam aparecem com o mpensamento eu não fiz porra nenhuma ontem. Domingos santificados são das coisas mais profanas existentes do planeta, o dia de descanso..., e não que eu torça que as pessoas nunca descancem, mas ...

Talvez vá ao cinema, talvez saia e coma pipoca , talvez não faça nada, talvez leia um livro, talvez estude... Há muitas possibilidades. Depois de mais maduro passo já a ter um pouco de respeito maior pelo domingo ( em muito pelo meu cansaço que hoje é factual). Hoje é domingo, pede cachimbo e talvez mesmo não faça nada.

Nenhum comentário: