sábado, abril 07, 2007

O suor...

Depois de dois meses de estágio, fico impressionado em como consegui me adaptar tão rapidamente a uma rotina potencialmente estressante: basicamente de segunda à segunda naquele inglório horário das sete da madrugada. Responsabilidades consideráveis, cobranças idem, reconhecimento quase nulo. Falta tempo para voltar para casa, conhecer gente nova, reatar contatos - até o meu cinema semanal tem faltado.

E o revoltante é que nem fico revoltado com esse súbito salto à vida adulta. Desses 60 dias, só perdi a hora uma vez. De tantas possibilidades de erro, nem tenho deslizado tanto. Durmo muito, quase duas horas por dia quando chego do Hospital - mas tenho me esforçado ainda em dar uma banda, estar em contato com as pessoas essenciais e telegrafar para aquelas lá longe, mas que quero mais perto num futuro próximo.

Talvez, por ter energia para dedicar somente ao essencial, a vida está tão simples. E ser simples é tão bom, tenho aprendido...

Nenhum comentário: