domingo, fevereiro 12, 2006

Blues

"Hold me close
'cause I'm the most and
Make a toast to you and me
See that's the way love's supposed to be
Not stressful..."
(Boo - Macy Gray)

Macy Gray deu o tom dessa semana tão atormentada e atribulada que passou. Macy Gray e sua voz arrastada, com todo encanto e calor que só a black music sabe ter. Que fala de amores intensos e difíceis, das solidões pungentes, da benção do encontro silencioso das epidermes.

"I still
Melt down like a candle burning everytime we touch"
(Still - Macy Gray)

Quanto a mim, não sei. Permaneço numa calma inesperada dentro do turbilhão de coisas que se formam em torno/dentro de mim. Conto até dez para evitar precipitações. E enquanto nada acontece, vou relendo os livros do armário, observando o pôr-do-sol, voltar para academia talvez. Sinto novamente o vento da subida e sei que em breve terei todo o vazio de vários metros de altura debaixo dos meus pés - e só espero que não me arrependa depois.

"All of your demons will wither away
Ecstasy comes and they cannot stay
You'll understand when you come my way
Coz all of my demons have withered away
I better give my heart a listen"
(Demons - Macy Gray & Fatboy Slim)

Nenhum comentário: