terça-feira, maio 10, 2005

Lost

Sim, eu perco coisas. Já perdi tudo na vida: de guarda-chuvas a moletons, de livros a jalecos em sala de aula, de cobertores a toalhas. Canetas Bic não duram três horas nas minhas mãos. Meu molho de chaves, meu celular, já perdi infinitas vezes até encontrá-los, esbaforido, quase já apelando para São Longuinho.

Tenho infinitas teorias para isso, a maioria me eximindo da culpa. Mas o fato é que sou um perdedor crônico e desculpas não me bastam mais. Acabei por aceitar isso como parte da minha natureza. Daquelas coisas que fiquei na insistente tentativa de mudar e todas elas tiveram o mesmo desfecho fracassado.

Cansei. Cansei disso, junto com outras milhares de outras coisas. Agora, estou em uma fase de aceitar minhas deficiências pacificamente. Cansei de buscar a infalibilidade. Se não dá, depois de muita insistênciae esforço, que seja assim.

Prossigo, bambo e torto, buscando outras saídas...

Nenhum comentário: