sexta-feira, abril 29, 2005

"Lost boys"

A mudança está em seu deadline. Tudo está praticamente encaixotado. Falta desmontar a cama, limpar a geladeira, fazer a vistoria do apartamento. Mas as grandes coisas, aquelas que emperram o movimento, estão todas resolvidas.

Estranho que o que estou sentindo é uma leve indiferença. Nem ansiedade, nem medo, nem saudades. Talvez eu sinta leve falta por TV a cabo, das conversas noturnas, do movimento diário. Mas só.

Engraçado que ontem, enquanto criava coragem para estudar assistindo TV, as coisas fizeram sentido: realmente este é o caminho inevitável. Depois de morar tanto tempo com mais seis, é preciso de um pouco mais de espaço. Como necessidade básica. E privacidade. E silêncio.

E seja o que Deus quiser...

Nenhum comentário: