quarta-feira, fevereiro 02, 2005

Post conjunto

"Your heart won't heal right if you keep tearing up the sutures"
(Nothing Better - The Postal Service)

É triste quando um amor acaba. Mas é preciso aceitar que amores não são eternos, que os amores começam para acabar: daqui um dia, um mês, quinze anos, ninguém sabe. O fato é chega uma hora que ele natualmente se esvai e é preciso dar um jeito no que restou de você depois disso.

Só que o que você sente não é amor. Você nunca amou de verdade. Isso é carência afetiva, é uma espécie de possessividade. Não considero atos de amor essa necessidade masoquista de ficar seguindo os passos de quem foi embora. Não considero amor essa vontade de magoar a quem já se amou. Não considero amor essa insistência inútil por aquilo que se já perdeu.

Amor não é guerra, não é conquista, nem de longe dominação: é livre-acordo. Que podem ser rompidos, por uma das partes, quando assim julgar necessário.

E você não vai melhorar enquanto não deixar o tempo se encaminhar de levar o resto embora.

Post conjunto com o Sete Faces

Nenhum comentário: