terça-feira, junho 15, 2004

"We will go our way
We will leave some day
Your hand in my hand
We will make our plan
We will fly so high
Tell all our friends goodbye
We will start like new
This is what we'll do"
(Go West - Pet Shop Boys)

Um dia irei. Um dia irei embora, finalmente, vou deixar tudo que me prende para trás. Vou arrumar todos os instrumentos, vou esvaziar as malas pesadas, vou criar coragem e sair pela porta fora. Vou superar os traumas. Vou abandonar os medos e partir.

Vou deixar as intermináveis aulas de Semiologia. Vou deixar os babacas de internet para trás. Vou deixar minha impaciência velada com os outros. Vou deixar que pensem o que quiserem de mim. Vou contar as verdades, letra por letra, sem medo delas ferirem quem me cerca. Vou afogar as mentiras, num enorme balde de água. Vou espantar os fantasmas. Vou abrir as janelas. Vou ser tudo o que conseguir ser.

Hoje eu acredito que ainda tenho força nas pernas. Sabem, eu acredito em mim. Eu acredito que, um dia, eu conseguirei transformar a imobilidade em movimento. Eu acredito que estou fazendo o melhor, estruturando-me para um futuro promissor. Acredito que as companhias serão me muita valia, mas o mais importante nesse processo todo serão os passos solitários. Porque, para onde quero ir, precisarei caminhar sozinho.

Anotem: eu conseguirei. Apesar de todos os tropeços e contratempos. Apesar de me alertarem dos perigos. Apesar de tudo. Vou reunir forças sabe lá de onde e levantar vôo. Direi adeus e partirei. Cortar as amarras que me prendem e flutuar...

Post conjunto com o Sete Faces

Nenhum comentário: