sábado, junho 12, 2004

Estou com uma grave impressão de imobilidade. 2004 já se aproxima do seu meio sem que a grande maioria das coisas importantes desse o menor sinal de mudança.

Como em todo filme, os personagens já estão apresentados e esperamos ansiosos pelo desenvolvimento do enredo. Só que o enredo não evolui. Sinto que os personagens estão prontos e bem caracterizados, mas faltam as falas para o filme prosseguir seu desenrolar e sua conclusão.

Desconfio que o roteirista caiu na tentação de apelar ao improviso e deixar o barco correr do jeito que o destino quisesse. Ele lavou as mãos e decidiu não interferir na história. Acreditou que cada personagem sabia seu papel, sua participação geral, e que o único trabalho que ele teria era encaminhar as ações da forma que lhe agradasse. Mas isso não aconteceu.

Tudo permaneceu parado. Como conseqüência imediata, o roteirista desinteressou-se pela história e hoje ameaça procurar outros roteiros para escrever.

E 2004 prossegue, ausente das novidades necessárias...

Nenhum comentário: