quinta-feira, abril 08, 2004

Os melhores comentários de Camila

A Camila tem sempre comentários interessantíssimos. Selecionei aqueles que achei mais significativos durante esse ano e fazer um pequeno revival:

"Quase morri quando, um dia, uma pessoa me disse que eu me dava muita importância e que ela tinha coisas mais importantes pra fazer na vida dela do que ficar pensando em mim. Horrível no momento em que se ouve, mas extremamente libertador a longo prazo..."

"Um dia, quem sabe, acho que você se liberta dessa necessidade de ser um pouco triste..."

"Sou da opinião de que infâncias nunca são tão tranqüilas quanto parecem..."

"Quando as pessoas dizem que nós mudamos para pior é preciso analisar se não ficamos apenas mais incômodos para elas..."

"Fiquei pensando como sou incapaz de ir a qualquer lugar apenas com a roupa do corpo e em como ser você mesmo + as suas coisas as vezes pesa."

"Melhor é não sentir que a sua maçã tenha uma parte errada... (escolhe uma mais bonita, bobo, sem bichinho, sem machucados, bem crocante...)"

"Mas sei que adrenalina demais mata."

"O movimento natural após o excesso é o excesso oposto. Você subestimou as dificuldades? Agora está superestimando. Você superestimou suas capacidades? Agora está, visivelmente, subestimando."

"Ou será que não foi você que mudou muito pra Franca, sem perceber?"

"Não acho a alegria solitária necessariamente patética. Algumas alegrias ficariam patéticas se fossem divididas."

"E o que você vai fazer depois que tiver o perdão? Será que você não deixa de se perdoar apenas para adiar a próxima etapa?"

"Por que aquilo que se tem precisa sempre estar no final da fila? Ou será que um post sobre uma vitória desfigurará seu blog (ou talvez fará você se perder para sempre)?"

Muito obrigado pelas palavras sábias, pelas reflexões sempre bem pontuadas e produtivas... Obrigado.

(ao som de This Charming Man - The Smiths)

Nenhum comentário: